Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘ética no jornalismo’

Foto: Paulius Sadauskas

Foto: Paulius Sadauskas

O jornalismo pode ser considerado como uma fonte de vigilância dos campos sociais, políticos e econômicos. É uma forma de “proteger” os cidadãos através da transparência na qual preza a profissão.

Os valores que hoje são empregados dentro da área são frutos adquiridos desde o início de seu desenvolvimento, quando nem se pensava na importância que causaria para a atualidade. O jornalismo precisava se legitimar e garantir a confiança da opinião pública. Para isso, surgiram características próprias necessárias no seu exercício. A objetividade, concisão, clareza, impessoalidade, e acima de tudo, a verdade foram ganhando espaço para o estilo de reportagem.

A verdade, como papel principal do jornalista, deve ser preservada independente de quem está sendo envolvido na notícia. Ele tem um compromisso com milhares de pessoas todas as manhãs, e precisa se certificar de que pode informar o público sem barreiras na comunicação. O profissional tem que levar o bem comum como prioridade na hora de apurar e publicar sua matéria.

A maneira utilizada para buscar as fontes é uma questão que pode ou não fugir a conduta ética, no entanto, muitas vezes é necessário ir contra a regra. Afinal, é seu dever levar a informação ao público, que depende desse veículo para ter o mundo mais perto de si. A pior maneira de infringir a ética não é subornar para obter uma informação, mas receber para não publicá-la.

O repórter pode não seguir o código, mas não significa que sua ação seja errada, desde que para um bem maior: o público leitor. O jornalista prefere ferir a sua conduta, roubando ou se passando por outra pessoa do que ir contra a regra de informar.

Read Full Post »